Mercado financeiro já começa a queimar Paulo Guedes

“O economista Paulo Guedes é muito melhor do que o ministro Paulo Guedes”, opinou Luiz Parreiras, da Verde Asset. “Não adianta dar declarações maravilhosas se, na prática, você não consegue entregar”, declarou

Ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de evento no Palácio do Planalto 16/09/2020
Ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de evento no Palácio do Planalto 16/09/2020 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os representantes da Faria Lima, em São Paulo, já tem feito análises sobre Paulo Guedes que até então vinham sendo tratadas com mais cautela, escancarando a decepção do mercado financeiro com o ministro da Economia.

“O economista Paulo Guedes é muito melhor do que o ministro Paulo Guedes”, opinou por exemplo Luiz Parreiras, gestor de multimercado da Verde Asset. “Não adianta dar declarações maravilhosas se, na prática, você não consegue entregar”, declara, em entrevista ao site NeoFeed.

Ele mostra preocupação com a questão fiscal, o alto endividamento do Brasil e a fuga de capitais, que para ele está relacionada, entre outros motivos, à credibilidade do País lá fora e a questão ambiental é tema influente.

“Acho o ministro muito bom nos aspectos filosóficos, mas tem deixado muito a desejar muito na execução. No fim do dia, ser ministro tem aspectos de execução e de política que são extremamente relevantes”, avalia.

“Entre a promessa e a realidade tem um fosso brutal no caso do ministério. Os aspectos de execução e comunicação deixam a desejar. Parte dos problemas que estamos vivendo agora tem a ver com esses aspectos de execução”, acrescenta.

Em entrevista recente ao 247, o empresário Luiz Cezar Fernandes, que fundou o banco Pactual em 1983, ao lado de Paulo Guedes, diz que acabou o combustível do ministro e que Bolsonaro escorregou para o populismo desbragado. 

Segundo ele, o mercado, que apoiou a chegada do bolsonarismo ao Palácio do Planalto, se iludiu com o governo e com Guedes. O mercado financeiro, segundo o empresário, acreditou que Guedes poderia fazer sua vontade no ministério da Economia, mas não contava com o desconforto de Bolsonaro diante do “super ministro” Guedes e, agora, o processo de fritura já está em andamento.

Inscreva-se na TV 247 e assista:

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247