Mercado vê Temer ainda mais fraco e previsão do PIB desaba

Na mais recente edição do relatório Focus, divulgada na manhã desta segunda-feira (12), a mediana das projeções para o Produto Interno Bruno despencaram de 0,50% para 0,41% neste ano e de 2,40% para 2,30% no ano seguinte; em decorrência do nível de atividade mais baixo, as projeções para a inflação oficial, medida pelo IPCA, recuaram de 3,90% para 3,71% em 2017 e de 4,40% para 4,37% em 2018

Na mais recente edição do relatório Focus, divulgada na manhã desta segunda-feira (12), a mediana das projeções para o Produto Interno Bruno despencaram de 0,50% para 0,41% neste ano e de 2,40% para 2,30% no ano seguinte; em decorrência do nível de atividade mais baixo, as projeções para a inflação oficial, medida pelo IPCA, recuaram de 3,90% para 3,71% em 2017 e de 4,40% para 4,37% em 2018
Na mais recente edição do relatório Focus, divulgada na manhã desta segunda-feira (12), a mediana das projeções para o Produto Interno Bruno despencaram de 0,50% para 0,41% neste ano e de 2,40% para 2,30% no ano seguinte; em decorrência do nível de atividade mais baixo, as projeções para a inflação oficial, medida pelo IPCA, recuaram de 3,90% para 3,71% em 2017 e de 4,40% para 4,37% em 2018 (Foto: Aquiles Lins)

Do Infomoney - O mau humor com as condições de o governo aprovar a agenda de reformas começou a refletir nas expectativas dos economistas semanalmente consultados pelo Banco Central. Na mais recente edição do relatório Focus, divulgada na manhã desta segunda-feira (12), a mediana das projeções para o PIB (Produto Interno Bruno) despencaram de 0,50% para 0,41% neste ano e de 2,40% para 2,30% no ano seguinte.

Em decorrência do nível de atividade mais baixo, as projeções para a inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), recuaram de 3,90% para 3,71% em 2017 e de 4,40% para 4,37% em 2018. Mesmo assim, as expectativas para a Selic continuam em 8,50% ao final dos dois anos. Do lado do câmbio, as projeções para o dólar se mantiveram em R$ 3,30 ao final deste ano e em R$ 3,40 ao final do ano seguinte.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247