Merkel: ambiente econômico será "mais difícil" em 2013

A chanceler alemã pediu "paciência" e "coragem" em discurso de fim de ano. Apesar de não ter sofrido a crise como outros países da Europa, a Alemanha teve uma desaceleração em 2012.

Merkel: ambiente econômico será "mais difícil" em 2013
Merkel: ambiente econômico será "mais difícil" em 2013 (Foto: POOL)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Opera Mundi - A chanceler Angela Merkel advertiu os alemães para um ambiente econômico "mais difícil" em 2013 do que em 2012, pedindo "paciência" e "coragem" em seu discurso para o ano novo.

"O ambiente econômico não será mais fácil, e sim mais difícil no ano que vem. Isso não deve nos desencorajar, mas, pelo contrário, nos estimular", afirma Merkel, em seu discurso que deve ser difundido pela televisão na noite de segunda-feira.

Mencionando a crise econômica na Europa, a líder da maior economia europeia pediu paciência, neste discurso que teve o seu texto apresentado à imprensa neste domingo à noite. "As reformas que estabelecemos (na Europa) começam a produzir seus efeitos. Mas ainda precisamos de muita paciência. A crise ainda está longe de ser superada", considerou a chanceler, segundo o texto divulgado por seu serviço de imprensa.

Mesmo que a Alemanha apresente uma conjuntura econômica melhor do que a maior parte de seus parceiros europeus, o país sofreu uma desaceleração ao longo de 2012. A maior potência econômica europeia registrou um crescimento de seu PIB de 0,2% no terceiro trimestre, depois de +0,3% no segundo trimestre e de +0,5% no primeiro.

Muitos economistas preveem um recuo do PIB no último trimestre. Segundo o Bundesbank, a Alemanha enfrenta uma desaceleração que poderá até desencadear uma breve recessão. O Banco Central Alemão prevê uma quase estagnação da economia alemã em 2013, com uma progressão do PIB de apenas 0,4%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email