Moody´s rebaixa BofA, Citigroup e Wells Fargo

Agncia de classificao de risco cortou rating de curto e longo prazo do Bank of America Meril Lynch, o maior dos EUA; Wells Fargo perdeu nota em longo prazo e Citigroup no curto; um desastre para a combalida economia dos EUA

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Foi um verdadeiro arraso, no pior sentido. De uma só vez, a agência de classificação de risco Moody´s rebaixou o rating de longo e curto prazo do Bank of America Merrill Lynch, e também a nota de longo prazo do Wells Fargo e de curto prazo do Citigroup. Todas essas notas passaram a ter perspectiva negativa. O BofA caiu dois degraus, passando de A2 para Baa1, enquanto o Wells Fargo se reduziu de A2 para A1.

“A Moody’s continua a ver uma probabilidade muito alta de apoio para instituições altamente interconectadas, sistematicamente importantes nos Estados Unidos, apesar da probabilidade ser menor que aquela durante a crise financeira”, registrou comunicado da agência. “Agora, passada a maior intensidade da crise, a Moody’s acredita que há uma elevada possibilidade de que o governo permita que grandes instituições financeiras falhem, levando em conta que o risco de contágio pode ser limitado”, ressalta. O Citigroup retornou para a classificação A3 sua nota de curto prazo.

No início da tarde, as ações do Bofa caiam 5,07%.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247