Moody’s vê OGX mais próxima de calote

Agência de classificação de risco volta a rebaixar nota de petrolífera de Eike Batista, agora a um nível antes de calote. Dúvidas sobre injeção de US$ 1 bi e debandada de conselheiros foram motivos para corte, na avaliação da empresa

Moody’s vê OGX mais próxima de calote
Moody’s vê OGX mais próxima de calote

247 - A agência de classificação de risco Moody's rebaixou nesta segunda-feira o rating da petroleira OGX para "Ca" (altamente especulativo), de "Caa2", com perspectiva negativa, apontando expectativas reduzidas de exercício de opção de 1 bilhão de dólares da empresa contra o seu controlador Eike Batista, segundo comunicado.

Foi o segundo rebaixamento de nota da companhia em menos de duas semanas. A Moody's colocou a OGX a um degrau da classificação de calote - e a agência deixou aberta a possibilidade de um nova mudança na avaliação.

A saída de membros do conselho da petrolífera foi também apontada como um dos fatores para o rebaixamento da nota. "A classificação reflete o enfraquecimento das práticas de governança corporativa e um cenário altamente incerto para a companhia", diz a Moody's.

Na semana passada, Luiz do Amaral e Samir Zraick anunciaram a saída do conselho de administração da OGX. Anteriormente, no mês passado, os ex-ministros Pedro Malan (Fazenda), Rodolpho Tourinho Neto (Minas e Energia) e Ellen Gracie (Supremo Tribunal Federal) haviam deixado o posto. (Com informações de Roberto Samora, da Reuters)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247