Mudança na Codevasf favorece baianos

A presidente Dilma Rousseff anunciou a troca no comando da estatal, que era da cota do PSB pernambucano; agora, presidncia do rgo ficou com o PT baiano, de Jacques Wagner

Mudança na Codevasf favorece baianos
Mudança na Codevasf favorece baianos (Foto: Edição/247)

Raphael Coutinho _PE247 – No troca-troca de comando de órgãos regionais, realizado recentemente pela presidente Dilma Rousseff (PT), a Bahia saiu ganhando. O governador Jacques Wagner (PT) conseguiu emplacar o nome de Elmo Vaz Bastos de Matos para a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Essa mudança pode ser interpretada como uma perda política para o governador Eduardo Campos (PSB), que já havia afirmado que a estatal era estratégia para o seu partido.

O órgão é avaliado como o mais operacional e cuida de recursos hídricos. Já a Sudene, que o PT baiano abriu mão, está esvaziada e perdeu sua função histórica. Para a Codevasf, o nome preferido do ministro Fernando Bezerra Coelho (PSB) era Guilherme Almeida, funcionário da casa com 30 anos de serviço.

Elmo chega para substituir Guilherme Almeida, que estava interinamente no comando da autarquia desde janeiro. Ele havia substituído o presidente anterior, Clementino Coelho, que é irmão do ministro Bezerra Coelho e acabou se afastando do cargo após forte pressão política, depois que a imprensa divulgou o parentesco com o auxiliar da presidente Dilma Rousseff.

Apesar da insatisfação que a troca de comando da Codevasf provoca no PSB do governador Eduardo Campos, alguns nomes do governo entendem que a ação era importante para diminuir a grita dos baianos que, atualmente, não contam com representantes ministeriais.

 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247