Na última previsão do ano, PIB fica abaixo de 1%

Analistas de mercado preveem expansão econômica de apenas 0,98% em 2012, com inflação de 5,71%; desempenho industrial ficou bem abaixo das expectativas

Na última previsão do ano, PIB fica abaixo de 1%
Na última previsão do ano, PIB fica abaixo de 1%
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO, 31 Dez (Reuters) - O mercado encerrou o ano estimando pela primeira vez que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano ficará abaixo de 1 por cento, ao mesmo tempo em que elevou pela quarta semana seguida sua projeção para a inflação em 2012, mostrou pesquisa Focus do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira.

Os analistas consultados preveem agora que o PIB terá uma expansão de 0,98 por cento neste ano, ante expectativa de 1 por cento na semana anterior. Mas a perspectiva para 2013 foi mantida em 3,3 por cento.

Em relação à inflação, os analistas preveem agora que a taxa medida pelo IPCA terá chegado a 5,71 por cento em 2012, ante 5,69 por cento na semana anterior. Já a expectativa para a inflação em 2013 é de alta de 5,47 por cento, inalterado ante a semana anterior.

O Banco Central já reduziu sua previsão para o crescimento da economia brasileira neste ano a 1 por cento, ante 1,6 por cento estimado anteriormente. Ao mesmo tempo, elevou a perspectiva para a inflação neste ano a 5,7 por cento e reduziu a projeção para 2013 a 4,8 por cento.

A pesquisa Focus desta segunda-feira mostrou ainda que os analistas mantiveram a previsão de que a Selic encerrará 2013 nos atuais 7,25 por cento, mesmo percentual estimado para a taxa básica de juros em janeiro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email