Natura lucra menos e ações caem

Oitava empresa mais inovadora do mundo sofre com aumento da inflao no segundo trimestre

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_No mesmo dia em que foi a Forbes divulgou que a Natura está na oitava colocação no ranking das 100 empresas mais inovadoras do mundo, a empresa de cosméticos apresentou seus resultados trimestrais e desagradou os investidores. O papel NATU3 caía 2,9% no início da tarde desta quinta-feira 21, depois do anúncio do lucro líquido de R$ 188,1 milhões no segundo trimestre, 1,8% menor do que o desempenho no mesmo período do ano passado. Os principais analistas esperavam um ganho acima de R$ 210 milhões. “O mercado cresceu menos e aumentou a competição”, justificou Roberto Pedote, vice-presidente da Natura em teleconferência.

Para se adequar a esse novo cenário, a Natura vai continuar diminuindo seu ritmo de crescimento e buscando maior rentabilidade nos mercados de maior valor. A receita líquida de abril a junho foi de R$ 1,4 bilhão, crescimento de 8,6% sobre o segundo trimestre de 2010. A projeção dos analistas era de um ganho de 3,5 pontos percentuais maior. O Credit Suisse criticou o resultado em relatório. “Os fracos resultados do segundo trimestre apontam para uma desaceleração no crescimento da receita decorrente tanto do cenário de aumento da inflação como de um modelo de vendas que vem perdendo força.”

Para se proteger da queda na bolsa de valores, os conselheiros da Natura aprovaram a recompra de 2,3% das ações em circulação no mercado, ou quatro milhões de papéis ordinários, pelo preço de negociação no pregão. No ano, o papel NATU3 cai 23,8%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email