O primeiro lucro a gente nunca esquece

MMX, de Eike Batista, deixa prejuzo para trs. Finalmente!



247 (Com informações da Agência Estado) – Não foi dos melhores dias para as ações do setor de mineração e siderurgia, mas as ações da MMX conseguiram um feito extra na manhã desta quinta-feira. Os papéis ordinários (MMXM3) foram destaque na lista das mais valorizadas do Ibovespa após a apresentação dos resultados da companhia no ano passado. O entusiasmo dos acionistas foi com a saída da mineradora do limbo do prejuízo.

A MMX registrou um lucro líquido de R$ 83,792 milhões no quatro trimestre de 2010, atribuído à controladora, revertendo perda de R$ 65,230 milhões no mesmo período de 2009.

O resultado operacional também foi melhor neste balanço. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) foi de R$ 71,778 milhões no trimestre, ante Ebitda negativo de R$ 70,373 milhões em igual intervalo de 2009.

A receita bruta totalizou R$ 206,492 milhões, mostrando crescimento de 55% sobre o quarto trimestre de 2009. As vendas de minério de ferro somaram 2,078 milhões de toneladas no trimestre, com alta de 18%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No ano, a MMX Controladora apresentou lucro de R$ 46,6 milhões, ante prejuízo de R$ 185,1 milhões em 2009.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email