"O verdadeiro risco para o mercado é Bolsonaro – e não Lula", diz um dos financistas mais influentes da Faria Lima

“Quem desestabiliza o mercado hoje é Bolsonaro”, diz Marcelo Kayath, que já dirigiu o Credit Suisse e abre a possibilidade de votar em Lula

www.brasil247.com - Lula e Bolsonaro
Lula e Bolsonaro (Foto: Foto: Marcos Corrêa/PR))


247 – Um dos financistas mais influentes da Faria Lima, Marcelo Kayath, diz que o verdadeiro risco para o mercado atende pelo nome de Jair Bolsonaro e abre a possibilidade de votar no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo informa a jornalista Maria Cristina Fernandes, editora do Valor Econômico. “O risco é fiscal e, nesse ponto, Bolsonaro oferece muito mais riscos do que Lula”, disse Kayath.

"Kayath nunca votou no petista, mas, em outubro, está disposto a escolher quem quer que derrote Jair Bolsonaro. Baseia-se na percepção de que a condição de refém em que se encontra Bolsonaro faz com que o presidente tenha que passar por cima de todas as amarras fiscais para se manter no poder. Já uma eventual eleição de Lula, diz, lhe permitiria assumir o poder com força suficiente para conter pressões", aponta a jornalista.

“Em 2002 ninguém conhecia Lula. Hoje os investidores podem até ter dúvida se um Lula 3 será mais parecido com o Lula 1 [do primeiro mandato] do que com o Lula 2 [do segundo], mas ninguém acha que ele vai fazer loucura”, disse ainda Kayath, citando a queda do dólar no dia em que Lula deu entrevista na semana passada defendendo a aliança com o ex-governador Geraldo Alckmin.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email