Obama: "Sempre seremos uma nação AAA"

Barack Obama passa recibo de preocupao pelo rebaixamento na classificao da dvida americana pela Standard Poors; na tev, usa a mesma expresso que representa a nota perdida pelo pas; bolsas continuam pintadas de vermelho

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

- Não importa o que uma agência pode dizer, nós sempre fomos e sempre seremos uma nação AAA. Apesar de todas as crises que passamos, temos as melhores universidades, as melhores empresas, e os mais inventivos empreendedores.

Dita há pouco, a frase é do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em referência direta à decisão da agência de classificação de risco Standard and Poor's (S&P) de rebaixar a nota da dívida americana de AAA para AA+. Foi a primeira vez que isso ocorreu, desde 1917. O resultado é uma queda generalizada nas bolsas de valores de todo o mundo.

Obama saiu a campo para tentar mostrar que, apesar do rebaixamento da nota, os EUA continuam sendo um país seguro para investidores.

"Nosso problema não é nossa nota de risco, o mercado sabe que nossa economia é uma das mais seguras do mundo. O problema é a falta de vontade política de Washington", afirmou Obama. Ele disse que não pretende cortar benefícios sociais para reduzir o déficit do país. "Cortar os benefícios de seguro-desemprego tiraria 1 milhão de empregos e reduziria nosso crescimento em 0,5%", afirmou o presidente.

 

Leia abaixo a entrevista de hoje do presidente da Standard & Poor´s:

O rebaixamento da nota de crédito de risco dos Estados Unidos, de AAA para AA+, com perspectiva negativa, pela Standard & Poor's, não deve ter impacto direto nos países emergentes, afirmou na manhã de hoje o diretor-gerente e presidente do comitê de rating soberano da agência de classificação de risco S&P, John Chambers, durante teleconferência.

"Os emergentes levaram pelo menos uma década para arrumar o lado fiscal, eles têm mantido esse lado fiscal em ordem e estão mais fortes hoje do que costumavam ser", disse o diretor. "E lembrem-se de que esse downgrade é de AAA para AA+. Temos quase 20 degraus de AAA para um rating de default. Claro que simbolicamente esse rebaixamento é importante, mas na prática é como ir do azul índigo para o azul marinho", explicou Chambers.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email