Oi é a pior empresa aos olhos da população do Rio

Operadora a empresa mais acionada por falhas nos servios; logo atrs, vem o banco espanhol Santander

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fernando Porfírio_247 – A empresa de telefonia fixa Oi lidera a lista das piores empresas aos olhos da população carioca. Ela é a top das empresas mais acionadas, em julho, nos juizados especiais cíveis da Justiça do Rio de Janeiro. Os juizados são a forma mais acessível que a população tem pra recorrer à justiça para reclamar da prestação de serviço de má qualidade.

De acordo com a pesquisa do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a Oi responde a 3.187 processos. A empresa de telefonia fixa desbancou o Santander que aparece na segunda colocação entre os piores prestadores de serviço, com 2.235 litígios. Em terceiro lugar surge a Light, aquela que hoje é conhecida pelas explosões de bueiros.

A relação com as 30 empresas de produtos e serviços que mais irritam a população carioca foi publicada nesta segunda-feira (8) pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Além dos três piores ainda aparecem na pesquisa da corte o Banco Itaú, e a BCP S.A – formado pelas empresas Claro, ATL- Angar, ATL e Telecom Leste.

O Tribunal de Justiça também divulgou quem são as empresas mais reclamadas pela população nas Varas Cíveis do Estado do Rio de Janeiro. A Light ficou em primeiro lugar, tendo acumulado 7.947 ações de julho de 2010 a julho de 2011, sendo responsável por 7,97% dos processos neste período.

Em segundo lugar desponta o Banco Itaú, com 7.480 ações, correspondentes a 7,50% do total. A Ampla foi acionada 6.499 vezes e recebeu 6,52% das ações que entraram nas Varas Cíveis no último ano.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email