Otimista com a Europa, Ibovespa fecha em alta de 4,7%

Após anúncio de novas medidas de estímulo à economia europeia pelo presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, pregão em São Paulo ultrapassou 5% hoje, chegando a 56.789 pontos; líder dos ganhos é a OGX, de Eike Batista, com mais de 12,75%

Otimista com a Europa, Ibovespa fecha em alta de 4,7%
Otimista com a Europa, Ibovespa fecha em alta de 4,7% (Foto: Edição/247)

247 – O pregão desta sexta-feira na Bolsa de Valores de São Paulo reage positivamente a uma declaração otimista do presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi. O dirigente anunciou que prentende pôr em prática novas medidas de estímulo à economia do continente, como novas compras de bônus, redução da taxa de juro básica e realização de empréstimos a longo prazo. Às 17h06, o Ibovespa operava aos 56.460 pontos, com alta de 4,55%, já tendo ultrapassado 5%. A notícia de Draghi levou otimismo também ao mercado norte-americano. Os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq sobem a 1,5% e 2%.

Draghi também se comprometeu a atender as medidas que forem necessárias para manter o euro. Mas as declarações do BCE não foram as únicas notícias que agradaram o mercado hoje. A moeda europeia também deve ser fortemente defendida por França e Alemanha. É o que garante um comunicado emitido pelo presidente da França, François Hollande, e pela chanceler alemã, Angela Merkel. Junto com o anúncio, os dois líderes pediram a colaboração dos países europeus e das instituições financeiras para que cumpram com seus compromissos.

Às 17h20, apenas duas ações do Ibovespa operavam em baixa: Natura, com queda de 0,77%, e Redecard, com 0,03%. As maiores altas no momento são a OGX, de Eike Batista, que sobe nada menos que 13,53%, e dois papéis da Usiminas, com 13,07% e 10,51%. Dão sequência aos ganhos as ações da Rossi (10,29%) e da Gafisa (9,87%). O índice registrado no Ibovespa nesta sexta é o maior desde 9 de agosto de 2011, quando o pregão atingiu 5,1%.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247