Para aprovar reforma, Maia apela a apoio de prefeitos

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez um apelo a prefeitos para aprovar a reforma da Previdência e disse que a aprovação de mudanças no sistema previdenciário pelo Congresso será um "marco histórico"; segundo ele, o Brasil possui uma estrutura cara do governo federal, do Congresso e do Judiciário, e que só no governo federal o aumento líquido de gastos da Previdência é de R$ 50 bilhões; "Nós não temos esses recursos", disse

Para aprovar reforma, Maia apela a apoio de prefeitos
Para aprovar reforma, Maia apela a apoio de prefeitos (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez um apelo a prefeitos nesta terça-feira para aprovar a reforma da Previdência e disse que a aprovação de mudanças no sistema previdenciário pelo Congresso será um "marco histórico".

Em discurso de abertura na Marcha em Defesa dos Municípios, em Brasília, o presidente da Câmara ressaltou que o Brasil possui uma estrutura cara do governo federal, do Congresso e do Judiciário, e lembrou que só no governo federal o aumento líquido de gastos da Previdência é de 50 bilhões de reais.

"Nós não temos esses recursos", disse.

Também em discurso no fórum de prefeitos, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que a PEC do Orçamento Impositivo será promulgada em breve depois que for aprovada pela Câmara dos Deputados. Segundo ele, a medida representa "grande passo" na descentralização de recursos para os municípios.

Por Ricardo Brito

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247