Para aquecer a economia, Caixa destina R$ 1 bi para o varejo

Caixa Econômica Federal destinará R$ 1 bilhão em recursos para o segmento de varejo no Brasil por meio de convênio firmado com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL); ações ocorrerão no âmbito do programa Avança Varejo e de acordo com o banco estatal, 450 mil lojistas filiados ao CNDL serão atingidos pela parceria, impactando "mais de um milhão de estabelecimentos comerciais de pequeno, médio e grande porte em todo o Brasil"

Para aquecer a economia, Caixa destina R$ 1 bi para o varejo
Para aquecer a economia, Caixa destina R$ 1 bi para o varejo (Foto: Danilo Verpa)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira que destinará 1 bilhão de reais em recursos para o segmento de varejo no Brasil por meio de convênio firmado com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

As ações ocorrerão no âmbito do programa Avança Varejo e também preveem "linhas de capital de giro, crédito rotativo, de investimento e financiamento, com prazos mais alongados e taxas de juros diferenciadas", disse a Caixa, em nota à imprensa.

De acordo com o banco estatal, 450 mil lojistas filiados ao CNDL serão atingidos pela parceria, impactando "mais de um milhão de estabelecimentos comerciais de pequeno, médio e grande porte em todo o Brasil".

Em outra tentativa de estímulo ao varejo, na véspera, o presidente Michel Temer assinou decreto que reconhece os supermercados como atividade essencial para a economia, o que lhes permite acesso a instrumentos jurídicos para negociar a abertura de lojas durante domingos e feriados - algo que antes acontecia apenas por meio de acordos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email