Sob o comando de Jair Bolsonaro, Petrobrás aprova novo aumento no preço dos combustíveis

O reajuste entrará em vigor na próxima semana

www.brasil247.com - Gasolina sai de bomba em posto de combustíveis da Petrobras, em Brasília. 07/03/2022
Gasolina sai de bomba em posto de combustíveis da Petrobras, em Brasília. 07/03/2022 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - O conselho de administração da Petrobrás, indicado pelo governo Jair Bolsonaro (PL), aprovou nesta quinta-feira (16) um novo aumento do diesel e da gasolina. O reajuste, sem valor definido, entrará em vigor na próxima semana. A informação foi publicada pela coluna de Lauro Jardim

De acordo com a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), a defasagem de preço do diesel e da gasolina, quando comparado aos valores internacionais, é de 18% e 14%, respectivamente.

A política de preços da empresa varia de acordo com a cotação do dólar no mercado internacional e, em consequência, aumenta o preço de produtos derivados de petróleo no Brasil, o que tem penalizado principalmente os mais pobres. Cabe a Bolsonaro mudar a atual política de preços da empresa, implantada no governo golpista de Michel Temer (MDB).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email