Petrobrás atropela governo eleito e anuncia hoje seu plano estratégico

Governo eleito havia pedido o adiamento da divulgação plano estratégico, mas a estatal decidiu não segurar

www.brasil247.com - Sede da Petrobras no Rio
Sede da Petrobras no Rio (Foto: Sergio Moraes - Reuters)


247 - Apesar dos pedidos de adiamento por parte do governo eleito, de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a Petrobrás anuncia nesta quarta-feira (30),  após o fechamento da bolsa de valores, às 17h55, seu plano estratégico. Segundo o Valor Econômico, “o plano ainda será nos moldes da atual administração. Mas a futura gestão da companhia deve indicar uma rota em direção à transição energética”.

Coordenador-executivo do grupo de trabalho - da transição de governo - na área de energia, Mauricio Tolmasquim indica que a nova gestão da estatal, que assumirá a partir de 2023, poderá enfatizar outros aspectos relacionados a investimentos, atualmente centrados na exploração e produção de campos de petróleo da camada do pré-sal. 

"Alguns aspectos vão ser revistos, como a transição energética, de transformar a Petrobrás em uma empresa de energia", disse. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247