HOME > Economia

Prazo para repatriação de bens começa em 4 de abril

Medida, criada em 13 de janeiro e publicada nesta terça-feira (15), no Diário Oficial da União, anistia crimes contra a ordem tributária, sonegação de tributos, lavagem de dinheiro, contrabando, falsidade ideológica, entre outros; o contribuinte fica livre de condenações, mas terá que pagar 15% de imposto e 15% de multa, com base na cotação do dólar de 31 de dezembro de 2014 (R$ 2,66); governo espera recuperar R$ 21 bilhões com a nova lei 

Medida, criada em 13 de janeiro e publicada nesta terça-feira (15), no Diário Oficial da União, anistia crimes contra a ordem tributária, sonegação de tributos, lavagem de dinheiro, contrabando, falsidade ideológica, entre outros; o contribuinte fica livre de condenações, mas terá que pagar 15% de imposto e 15% de multa, com base na cotação do dólar de 31 de dezembro de 2014 (R$ 2,66); governo espera recuperar R$ 21 bilhões com a nova lei  (Foto: Roberta Namour)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O prazo da lei que autoriza a regularização de recursos não declarados no exterior começa a valer no dia 4 de abril até o 31 de outubro.

A medida, criada em 13 de janeiro e publicada nesta terça-feira (15), no Diário Oficial da União anistia crimes contra a ordem tributária, sonegação de tributos, lavagem de dinheiro, contrabando, falsidade ideológica, entre outros. O contribuinte fica livre de condenações, mas terá que pagar 15% de imposto e 15% de multa, com base na cotação do dólar de 31 de dezembro de 2014 (R$ 2,66).

O governo espera recuperar R$ 21 bilhões com a medida, recurso já contabilizado no Orçamento deste ano.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: