Presidente da Caixa diz que vai vender tudo que puder

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse que espera vender no próximo ano ainda mais patrimônio do que em 2019, quando vendeu R$ 15 bilhões em ativos próprios

Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.
Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. (Foto: Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A direção da Caixa Econômica Federal tem como meta para 2020 superar o montante de vendas de ativos próprios atingido em 2019, aplicando a diretriz do governo Bolsonaro de enfraquecer os bancos públicos. É o que diz o presidente da instituição, Pedro Guimarães.  

Seu objetivo para 2020 é promover a bilionária abertura de capital da Caixa Seguridade, destaca Guimarães.   

As metas privatistas do presidente da Caixa foram explicitadas neste sábado em entrevista a O Estado de S.Paulo. "Vendemos R$ 15 bilhões em ativos", diz, assinalando que a expectativa para 2020 é muito maior. 

Indagado sobre a agenda de venda de ativos em 2020, ele enfatiza que o foco total estará na abertura de capital da Caixa Seguridade e da Caixa Cartões.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247