Presidente da Petrobrás diz que problema da empresa é de comunicação e que o povo deve entender que tudo aumenta de preço

"A população tem que entender que, da mesma maneira que o pãozinho aumenta, assim é o petróleo", diz ele, que defende os preços dolarizados da energia

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters | Jefferson Rudy/Agência Senado)


247 – O novo presidente da Petrobrás, José Mauro Coelho, afirmou, em entrevista às jornalistas Mônica Ciarelli e Denise Luna, do jornal Estado de S. Paulo, que a população deve entender que todos os preços aumentam e que o problema da empresa é de comunicação. "Eu te digo o seguinte, o presidente Bolsonaro não me pediu absolutamente nada específico. Só pediu para eu conduzir a companhia. É isso que nós estamos fazendo. Não tem uma questão relacionada a preço dos combustíveis, nada disso. A missão é bem conduzir a companhia. Claro que tem uma questão que eu diria que é minha mesmo, de melhorar a comunicação. Acho que isso é fundamental. A população tem que entender que, da mesma maneira que o pãozinho aumenta, o óleo de soja bateu quase 16 reais o litro, o tomate e a cenoura nem se fala, assim é o petróleo", afirmou.

Ao fazer tal afirmação, Coelho revelou grande desconhecimento sobre o tema econômico, uma vez que vários países do mundo administram as tarifas de energia e dos combustíveis, porque são preços que formam outros preços da economia. A situação foi explicada de forma didática pelo ex-presidente Lula:

Coelho também afirmou que Bolsonaro "já entendeu muito bem a questão de preço de mercado", sinalizando que a atual política de preços da Petrobrás, causa principal da inflação brasileira, será mantida. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247