Produção de petróleo no Brasil cresce 3,2% em junho

Volume de barris de leo chega a 2,56 milhes por dia

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A produção brasileira de petróleo e gás natural em junho atingiu 2,560 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/dia), expansão de 2,8% em relação ao volume produzido em maio. Na comparação com junho do ano passado, o indicador cresceu 4,6%, segundo dados divulgados hoje pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O salto na comparação com maio é explicado principalmente pelo incremento de 3,2% na produção interna de petróleo, para 2,137 milhões de barris por dia (bbl/d). Em relação a junho do ano passado, a alta foi de 4,2%. Já a produção de gás natural alcançou 67,3 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), incremento de 0,9% em relação a maio deste ano e de 6,9% ante junho de 2010. O grau API médio do petróleo produzido no mês foi de aproximadamente 23,8º.

O poço 9BRSA716RJS, do campo de Lula, foi pela segunda vez consecutiva o principal destaque na produção de petróleo nacional, com um total de 28,5 mil bbl/d - mais do que todo o campo de Carmópolis, campo terrestre com a maior produção de petróleo. A produção total na área do pré-sal cresceu 1,3% em junho ante maio, para 129,6 mil barris por dia de petróleo e 3,9 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, ou 154,2 mil boe/dia.

A P-52, localizada no campo de Roncador, produziu aproximadamente 136,8 mil boe/dia e foi a plataforma com maior produção no mês, destacou a ANP.

A agência reguladora também ressaltou que a queima de gás natural no Brasil caiu 22,8% em junho na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação a maio, entretanto, o indicador teve alta de 11,7%, devido principalmente à retomada de produção do TLD-SOL-T-171, na bacia de Solimões, e problemas no sistema de compressão da P-50, no campo de Albacora Leste.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email