PT quer Lula como fiador de Dilma na economia

Num segundo mandato, programa de governo petista sinaliza que Dilma deve fazer a reposição de preços da gasolina e da energia elétrica gradativamente para reequilibrar as contas da Petrobras e da Eletrobras: "Temos que pensar no mercado, mas também no povo"; partido acredita que tem condições para transformar Dilma no agente da mudança desejada por dois terços da população, sentimento apontado em pesquisas recentes

Num segundo mandato, programa de governo petista sinaliza que Dilma deve fazer a reposição de preços da gasolina e da energia elétrica gradativamente para reequilibrar as contas da Petrobras e da Eletrobras: "Temos que pensar no mercado, mas também no povo"; partido acredita que tem condições para transformar Dilma no agente da mudança desejada por dois terços da população, sentimento apontado em pesquisas recentes
Num segundo mandato, programa de governo petista sinaliza que Dilma deve fazer a reposição de preços da gasolina e da energia elétrica gradativamente para reequilibrar as contas da Petrobras e da Eletrobras: "Temos que pensar no mercado, mas também no povo"; partido acredita que tem condições para transformar Dilma no agente da mudança desejada por dois terços da população, sentimento apontado em pesquisas recentes (Foto: Roberta Namour)

247 – O ex-presidente Lula vai participar da apresentação do programa de governo pela reeleição da presidente Dilma Rousseff, marcado para os próximos dias 2 e 3 de maio, em São Paulo. 

A expectativa do grupo petista responsável pela condução da campanha é que Lula seja o "fiador" da política econômica de um novo governo. 

Num segundo mandato, Dilma deve fazer a reposição de preços da gasolina e da energia elétrica gradativamente para reequilibrar as contas da Petrobras e da Eletrobras. "Temos que pensar no mercado, mas também no povo", dizem aliados – cautela é contrapartida à estratégia já anunciada pelo presidenciável tucano Aécio Neves, que promete colocar em pratica medidas impopulares para equilibrar a economia. 

O PT acredita que tem condições para transformar Dilma no agente da mudança desejada por dois terços da população, sentimento apontado em pesquisas recentes.

Leia aqui na matéria de Raymundo Costa e Claudia Safatle sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247