Qual é o resultado, Silvio?

Aps a fraude de R$ 4,3 bilhes, Banco Panamericano volta a apresentar lucro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_Silvio Santos não está mais no comando do Panamericano. Na primeira apresentação dos resultados trimestrais sem a marca do Grupo SS, o banco apresentou lucro líquido de R$ 76,1 milhões. O resultado de 2011 é melhor do que os R$ 44,2 milhões registrados nos três primeiros meses do ano passado. Em dezembro, a instituição registrou prejuízo de R$ 133,6 milhões, efeito das fraudes contábeis que marcaram o Panamericano em 2010. O rombo de R$ 4,3 bilhões exigiu o socorro do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que garantiu a sobrevida à instituição e permitiu que Silvio Santos vendesse para o BTG Pactual sua participação de 37,6% no capital total por R$ 450 milhões. A Caixapar tem 36,6% e o restante das ações está em circulação na bolsa.

Entre os destaques do primeiro trimestre há uma mudança de perfil na carteira de empréstimos. O consignado ganhou força em três meses e aumentou sua participação de R$ 67 milhões para R$ 114,8 milhões, ou seja, de 8,4% para 20% do total. Essa é uma modalidade em que a inadimplência é praticamente nula, afinal, o desconto acontece no contracheque do trabalhador. É, portanto, uma maneira de ajudar o banco a conseguir resultados mais consistentes sem os riscos de calote. Com isso, o segmento de veículos, que é mais instável e de alto risco, caiu de 69% para 56% do total emprestado. No entanto, a qualidade da carteira de crédito piorou. Clientes classificados abaixo de D aumentaram de 14,6% para 19,1%.

O patrimônio líquido do Panamericano, que estava em R$ 19,2 milhões em dezembro do ano passado, chegou a R$ 1,4 bilhão no primeiro trimestre deste ano. O índice de Basiléia, que mede a solvência das instituições financeiras, estava em anormais 5,2% negativos. Agora, o índice voltou para 13,5%. O Banco Central exige o mínimo de 11% para os bancos brasileiros, enquanto a obrigação mundial é ficar acima de 8%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email