Quinta-feira de colapso global. Bolsa brasileira deve abrir com queda de 13%

O colapso global dos mercados capitalistas nesta quinta depois do discurso de Trump na noite desta quarta. As projeções indicam queda de 5% na Bolsa americana e 13% na brasileira. Desastre econômico de Bolsonaro-Guedes faz com que o país seja o mais afetado pela crise

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 com Infomoney -  A sessão desta quinta-feira é novamente de forte queda para os mercados internacionais e a expectativa é grande para que haja o terceiro “circuit breaker” (interrupção do pregão) na Bolsa de Valores em São Paulo. Nesta quarta-feira, o Ibovespa caiu 7,64% no pregão regular. Logo depois, no “after-market” (depois do mercado), a baixa foi ainda mais expressiva para o Ibovespa Futuro, que fechou com queda de 13%. Nesta manhã, a projeção para a Bolsa brasileira, entre os especuladores, é de queda de 12,34% no pré-market da bolsa de Nova York. 

O Brasil é o país mais afetado pela crise global, devido à fragilidade de sua economia pelas políticas neoliberais implementadas por Temer e Bolsonaro. A quinta-feira está sob o impacto do desastroso discurso de Donald Trump na noite de quarta, feito com a expectativa para tranquilizar o mercado. O efeito foi contrário e há quedas enormes nas bolsas em todo e projeção de uma queda de 5% na Bolsa de Npva York. As bolsas despencaram com restrições dos EUA a viagens à Europa.

Veja o desempenho dos mercados, às 7h47 (horário de Brasília:

PUBLICIDADE

Nova York

S&P 500 Futuro (EUA), -4,81%

Nasdaq Futuro (EUA), -4,86%

PUBLICIDADE

Dow Jones Futuro (EUA), -5,09%


Europa

PUBLICIDADE

Dax (Alemanha), -5,85%

FTSE (Reino Unido), -5,58%

CAC 40 (França), -5,77%

PUBLICIDADE

FTSE MIB (Itália), -5,17%


Ásia

Nikkei (Japão), -4,41% (fechado)

Kospi (Coreia do Sul), -3,87% (fechado)

Hang Seng (Hong Kong), -3,66% (fechado)

Xangai (China), -1,52% (fechado)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email