Receita autua Havan por empréstimo de R$ 100 milhões a Luciano Hang

Apontada como uma das empresas financiadoras do bolsolão, esquema ilegal de campanha do candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL), a Havan foi autuada pela Receita Federal por um empréstimo de R$ 100 milhões concedido ao dono, Luciano Hang, que já foi flagrado em vídeo coagindo seus funcionários a votarem no capitão reformado; Hang é acusado de fazer uma manobra financeira envolvendo a rede de lojas para tomar o empréstimo para ele mesmo, como pessoa física

Receita autua Havan por empréstimo de R$ 100 milhões a Luciano Hang
Receita autua Havan por empréstimo de R$ 100 milhões a Luciano Hang
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A rede de lojas Havan foi autuada pela Receita Federal por um empréstimo de R$ 100 milhões concedido ao dono, Luciano Hang, denuncia o jornalista Filipe Coutinho, da Revista Crusoé. Hang é acusado de fazer uma manobra financeira envolvendo a rede de lojas para tomar o empréstimo para ele mesmo, como pessoa física.

A Havan é uma das empresas centrais mencionadas no escândalo de financiamento do bolsolão, esquema ilegal de campanha do candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL). Hang já foi flagrado em vídeo coagindo seus funcionários a votarem no capitão reformado, o que é crime. Ele foi processado pelo Ministério Público do Trabalho por conta das ameaças.

Hang é um dos empresários que apareceu num vídeo defendendo a vitória de Bolsonaro logo no primeiro turno, para que pudesse economizar dinheiro, indicando que estaria financiando o deputado, o qu eé proibido. Recentemente, ele atacou a imprensa para rebater as denúncias.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email