Redução de tarifas "é definitiva", diz Lobão

Um dia depois do anúncio oficial da redução da tarifa de energia elétrica no País, ministro de Minas e Energia diz que a redução não é "provisória e sim definitiva"; Edison Lobão destaca que a queda na tarifa não vai prejudicar programas sociais e é resultado do "setor elétrico robusto" que o Brasil possui atualmente

Redução de tarifas "é definitiva", diz Lobão
Redução de tarifas "é definitiva", diz Lobão
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A redução nas contas de energia elétrica, anunciadas oficialmente pela presidente da república Dilma Rousseff nessa quarta-feira 23, é um fato histórico na avaliação do ministro de Minas e Energia. Edison Lobão destaca que o desconto não é provisório e sim "definitivo.

"Essa queda não seria possível se não tivéssemos um setor elétrico robusto. E essa redução é para sempre, é uma redução estrutural, não conjuntural", destacou o ministro de Minas e Energia ao Portal Uol.

Ainda segundo o ministro, a redução não vai afetar os programas sociais do governo federal, principalmente aqueles do setor elétrico, como o Luz Para Todos e o desconto para as famílias de baixa renda. Lobão ainda explicou que a redução de 11% nas contas de luz pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central é apenas para cálculo da inflação, mas que o desconto vai ser de 20% em média.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247