Requião: Brasil está sendo rapinado pela Petrobrás, com ajuda de general

Candidato ao governo do Paraná condena a política de preços da estatal, que empobrece o Brasil e os brasileiros

www.brasil247.com - Roberto Requiao, Petrobras e Joaquim Silva e Luna
Roberto Requiao, Petrobras e Joaquim Silva e Luna (Foto: Eduardo Matysiak | Reuters | Isac Nóbrega/PR)


247 – O pré-candidato do PT ao governo do Paraná, Roberto Requião, bateu duro na atual política de preços da Petrobrás, que foi implantada no Brasil após o golpe de 2016, com o propósito de transferir renda dos brasileiros para os acionistas privados da estatal. Segundo ele, o Brasil está sendo rapinado por tais sócios privados, com a ajuda do general Joaquim Silva e Luna, que preside a empresa. Confira:

Tal política de preços dolarizou os preços dos combustíveis no Brasil e trouxe fome, desemprego, recessão, inflação e miséria. O que surpreende Requião é ver generais sem nenhum compromisso com a ideia de desenvolvimento nacional, mas sim com um claro projeto de subdesenvolvimento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email