Restituição do IR no celular

Contribuinte pode ser avisado pela Receita Federal por SMS sobre a liberao do seu dinheiro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_Passada a temporada de entrega do Imposto de Renda, os contribuintes ficam ansiosos para descobrir em qual lote a Receita Federal vai liberar o dinheiro da restituição. Todo mês é o mesmo processo: acessar o site e torcer para o seu nome estar na lista. Para facilitar, a Receita criou um sistema gratuito pelo celular. Ela envia, por SMS, uma mensagem avisando sobre a liberação do recurso. Não há restrição de operadoras nem de modelo dos aparelhos: todos os mais de 200 milhões de celulares, pré e pós-pagos, com ou sem acesso à internet, podem se cadastrar para receber o torpedo. Estão disponíveis para esse aviso restituições a partir de 2008, que ajudam aqueles que foram pegos na malha fina e ainda não fizeram o resgate.

Quem quiser ser avisado pelo órgão Federal precisa acessar o site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br) e fazer um rápido registro. Para encontrar o sistema de restituição por SMS, vá até o botão “Cidadão” e procure por “IRPF Extrato e Restituição”. Após clicar, acesse “Restituição do Imposto de Renda”. Ali, na quinta linha, estará o caminho final para fazer a sua inscrição. A Receita pede o número do telefone com DDD e o CPF para enviar um código de ativação, que serve para confirmar se o celular está válido. Ao receber o SMS, o contribuinte deve voltar à página da Receita e finalizar o processo. É possível, também, cancelar o serviço. Em todas as opções, o usuário não é cobrado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email