Samuel Pessôa: Crise gerou maior perda de PIB per capita em 120 anos

Crise econômica já é a maior em 120 anos, na avaliação de economista da FGV; para Samuel Pessôa, só a falta de mais dados não permite dizer que essa é a maior retração econômica da História do Brasil 

Crise econômica já é a maior em 120 anos, na avaliação de economista da FGV; para Samuel Pessôa, só a falta de mais dados não permite dizer que essa é a maior retração econômica da História do Brasil 
Crise econômica já é a maior em 120 anos, na avaliação de economista da FGV; para Samuel Pessôa, só a falta de mais dados não permite dizer que essa é a maior retração econômica da História do Brasil  (Foto: Charles Nisz)

247 - A crise econômica e política gerou para o Brasil a maior perda de PIB per capita dos últimos 120 anos. A estimativa é do economista Samuel Pessôa. Segundo o economista da FGV, "só não podemos falar que é a maior perda do PIB na História por falta de dados". “Tudo indica que se tivéssemos dados, poderíamos retroagir para o período da Regência, que foi extremamente difícil. Ao final de 217, vai ser 10% menor do que em 2013. É o número de um país que passou por uma guerra”.

As afirmações foram feitas no fórum sobre inovação “A Revolução do Novo – A Transformação do Mundo”, realizado nesta segunda (05) em São Paulo.De acordo com Pessôa, essa redução do poder de compra não é “fruto de um errinho na política”. “Não dá para achar que foi um ajustamento político promovido pelo Joaquim Levy que causou isso. Tem que ter uma dinâmica maior que justifique isso".

Para o economista, só a Educação pode reverter esse processo, mas a avaliação dele sobre o tema é pessimista. “Educação é o único mecanismo sólido de equidade social. A gente conseguiu colocar todas as crianças na escola, mas não que elas saíssem de lá com qualidade de aprendizado.” No entanto, na visão de Pessôa, há mais problemas, pois o Brasil gasta mal: "Comparado com a Coreia do Sul, que investe 3% do PIB nessa área,  o país gasta mais de 6%".

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247