Segunda-feira de balanços positivos no Brasil

Fibria divulga recuperao e BR Malls anuncia lucro e aquisio de shopping na Bahia



✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247_ O investidor de Fibria (FIBR3) teve uma grata surpresa com os resultados divulgados pela empresa nesta segunda-feira 2. Os papéis valorizaram quase 1% pela manhã após a empresa reportar lucro líquido de R$ 389 milhões no primeiro trimestre de 2011. Um salto na comparação com o ganho obtido no mesmo período do ano passado, de R$ 9 milhões.

A venda dos ativos da Conpacel e da KSR para a concorrente Suzano, além da recuperação dos preços da celulose ao longo do primeiro semestre de 2010 favoreceram os resultados.

No entanto, a empresa criada em setembro de 2009 a partir da união entre Aracruz e Votorantim Celulose e Papel (VCP) não conseguiu um resultado operacional satisfatório. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) ajustado foi de R$ 624 milhões no trimestre, queda de 2% em relação ao mesmo período de 2010.

continua após o anúncio

Houve alta de 2% na receita líquida trimestral, para R$ 1,5 bilhão e o resultado financeiro foi positivo em R$ 11 milhões, revertendo dado negativo de R$ 337 milhões nos três primeiros meses do ano passado.

Valorização excepcional na bolsa foi verificada nas ações da BRMalls (BRML3) que tinham ganho perto de 3% nas primeiras horas de negócios na bolsa brasileira. A administradora de shopping centers encerrou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 57 milhões, aumento de 36% na comparação com os R$ 42 milhões registrados no mesmo período de 2010.

continua após o anúncio

Também nesta segunda-feira, a empresa anunciou a compra de 95% do shopping Paralela, em Salvador, na Bahia, onde será responsável pela administração e comercialização do empreendimento. A aquisição custou R$ 237,5 milhões, dos quais 40% serão pagos à vista e o restante em quatro parcelas. O estacionamento do shopping está incluso no negócio e custou R$ 47,5 milhões.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247