Setor de serviços cai 0,7% em março, na 3ª queda consecutiva

Volume de serviços no país caiu 0,7% em março deste ano, na comparação com fevereiro; esta é a terceira queda consecutiva do setor no ano, que acumula uma queda de 1,7% nos três primeiros meses, segundo dados do IBGE; na comparação com março de 2018, a queda chegou a 2,3%

Setor de serviços cai 0,7% em março, na 3ª queda consecutiva
Setor de serviços cai 0,7% em março, na 3ª queda consecutiva (Foto: REUTERS/Sergio Moraes)

Vitor Abdala, repórter da Agencia Brasil - O volume de serviços no país caiu 0,7% em março deste ano, na comparação com fevereiro. Esta é a terceira queda consecutiva do setor no ano, que acumula uma queda de 1,7% nos três primeiros meses. Os dados foram divulgados hoje (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com março de 2018, a queda chegou a 2,3%. O setor acumula altas de 1,1% no primeiro trimestre (na comparação com o primeiro trimestre de 2018) e 0,6% no acumulado de 12 meses.

Dos cinco segmentos de serviços pesquisados, três tiveram queda, com destaque para os serviços de informação e comunicação (-1,7%). Outros recuos foram observados nos profissionais, administrativos e complementares (-0,1%) e nos outros serviços (-0,2%).

Por outro lado, tiveram crescimento os serviços prestados às famílias (1,4%) e os transportes, auxiliares de transportes e correios (0,5%).

A receita nominal dos serviços teve queda de 0,6% na passagem de fevereiro para março e altas de 1,1% na comparação com março de 2018, de 4,3% no acumulado do ano e de 3,5% no acumulado de 12 meses.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247