Sindicalistas reúnem 15 mil e param av. Paulista

Marcha pede fortalecimento do mercado interno e menos juros

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Cerca de 15 mil manifestantes de diversas centrais sindicais estão reunidos na Avenida Paulista, em São Paulo, no início desta tarde. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a via está totalmente ocupada na região da Rua Haddock Lobo.

O ato começou por volta das 10h, na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, na zona oeste da cidade. Após a concentração, os manifestantes seguiram para a Assembleia Legislativa, passando pela Avenida Paulista.

Os manifestantes pedem a aprovação de uma pauta trabalhista no Congresso. Segundo a Força Sindical, uma das participantes do ato, entre as reivindicações estão: redução dos juros, fortalecimento do mercado interno, redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução do salário, fim do fator previdenciário, valorização das aposentadorias, regulamentação da terceirização para garantir os direitos dos trabalhadores, entre outras.

Participam da manifestação a Força Sindical, a União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) e Nova Central, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e União Nacional dos Estudantes (UNE).


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email