Subserviência de Bolsonaro aos EUA deve custar US$ 1 bilhão em perda de exportações ao Irã

"Vamos perder mercado por causa de uma decisão política [do governo Jair Bolsonaro]. Se o lado americano é mais confortável, o governo brasileiro deveria ser neutro nessa questão, e não tomar partido", afirmou Romana Dovganyuk, presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Irã

(Foto: Agência Brasil - EBC)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A subserviência do governo Jair Bolsonaro ao apoiar a ação dos Estados Unidos contra o Irã já gerou desconforto diplomático com o país e pode resultar na perda de cerca de US$ 1 bilhão em exportações para o Irã somente este ano.

"Vamos perder mercado por causa de uma decisão política. Se o lado americano é mais confortável, o governo brasileiro deveria ser neutro nessa questão, e não tomar partido", afirmou Romana Dovganyuk, presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Irã, em entrevista ao jornal O Globo.

Segundo ela, com o aumento das encomendas de produtos como milho, soja, carne bovina, café e outras commodities agrícolas, a balança comercial brasileira registraria um superávit recorde acima de US$ 3 bilhões em 2020. Mas, ao contrário do que disse Bolsonaro, ao afirmar que iria manter o comércio com o Irã, haverá perdas econômico-comerciais por motivos políticos.

A nota do governo brasileiro que apoiou publicamente o assassinato, no Iraque, do general iraniano Qassem Soleimani, é apontada como a principal causa desse descontentamento por parte dos iranianos. A nota levou o governo do país a convocar o representante do Brasil em Teerã para dar explicações.

Romana advertiu que os importadores iranianos têm como mercados alternativos a Ucrânia, a Rússia e o Cazaquistão. São países fornecedores de alimentos que poderiam substituir o Brasil.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247