Um choque de US$ 2,8 bilhões

A portuguesa Galp prepara uma capitalizao bilionria para sua filial brasileira na rea de energia

Está em curso uma bilionária operação no setor de energia brasileiro. A Galp Energia, petrolífera cujo controle encontra-se em mãos de investidores portugueses, anunciou nesta segunda-feira que planeja levantar cerca de 2 bilhões de euros, o equivalente a US$ 2,8 bilhões de dólares, para sua subsidiária brasileira. O aumento de capital está previsto para o segundo semestre de 2011, informou a companhia em comunicado ao mercado. "Para fortalecer a estrutura de capital, a Galp anuncia que iniciou um processo de aumento de capital em sua filial no Brasil...que deve ser concluído na segunda metade de 2011", afirmou o texto. A Galp tem participações em importantes reservas brasileiras de petróleo, entre elas uma parcela de 10% no campo de Lula (ex-Tupi), na bacia de Santos.

Analistas e investidores têm dúvidas se a empresa tem capacidade para bancar os bilionários projetos de exploração de petróleo no Brasil. A desconfiança aumentou depois que a companhia revelou que estima investimentos de 3,5 bilhões de euros no período de 2012 a 2025 . O desembolso para este ano é projetado para algo entre 1,2 bilhão e 1,5 bilhão de euros.

O anúncio coincide com uma apresentação que a empresa realiza nesta segunda-feira para analistas de mercado no Rio de Janeiro. A informação reforçar a importância do Brasil para o capitalismo português. Com uma população de cerca de 10 milhões de habitantes e um mercado interno já maduro, as empresas lusitanas dependem do mercado externo para continuar crescendo. E o Brasil tem sido um destino preferencial desse capital. No ano passado, a Portugal Telecom comprou parte da Oi, depois de vender sua participação na operadora Vivo para a Telefônica. Foi a forma encontrada para manter sua posição no mercado brasileiro. Outras companhias ibéricas, mantém o mesmo interesse. No final de 2010, a espanhola Repsol promoveu um aumento de capital em sua subsidiária brasileira no montante de US$ 7,11 bilhões.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247