Vale amplia porto Ponta da Madeira

Mineradora investir US$ 2,9 bilhes para expandir terminal porturio do Maranho

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247_Um ano. Esse é o prazo que a Vale deu para a reforma do porto Ponta da Madeira, no Maranhão. Enquanto o Brasil patina com a infraestrutura para a Copa do Mundo com projetos mal feitos e planejamentos mal executados, a mineradora brasileira quer ensinar como se investe para conquistar resultados no curto prazo. Até 2012, a companhia quer ampliar a capacidade do terminal de 115 milhões de toneladas para 150 milhões. Para isso, serão investidos US$ 2,9 bilhões para transformar o local no principal porto em capacidade e volume do País.

Para conseguir o aumento do volume de transporte, a obra de instalação do Píer IV prevê a duplicação da estrada de ferro Carajás, em 115 km. No ano passado, o terminal movimentou 99,1 milhões de toneladas de minério e cargas em geral. Além disso, será feita a dragagem para ampliar ainda mais a capacidade de embarque em pesados navios. Atualmente, o Ponta da Madeira é um dos únicos a carregar o navio Berge Stahl, de 346 mil toneladas. O píer será destinado a navios entre 150 mil e 400 mil toneladas.

A ampliação do porto em São Luis é um recado, também, à construção do SuperPorto Açú, que está sendo desenvolvido pelo Grupo EBX em São João da Barra, ao norte do Estado do Rio de Janeiro. Com a rápida conclusão do projeto, a Vale pode acelerar e mudar algumas rotas que estariam destinadas à região Sudeste, principalmente do Centro-Oeste. O minério de ferro será o principal produto a ser escoado pelo porto Ponta da Madeira, que receberá também grãos, como soja e milho, produzidos no Nordeste, no Norte e na região central do País.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email