Volta da CPMF: Mourão defende debate de imposto sobre transações financeiras

"Eu acho que tem que ser discutido. O presidente é contra, tá bom, ele não quer jogar esse assunto na mesa por causa da memória da antiga CPMF. Mas a gente sabe que o nosso sistema tributária é um sistema complicado", defendeu o vice-presidente

Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão
Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão (Foto: Romério Cunha/VPR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vice-presidente, general Hamilton Mourão, defendeu que haja um debate "sem preconceitos" de um imposto sobre transações financeiras, a exemplo da CPMF.

"Eu acho que tem que ser discutido. O presidente é contra, tá bom, ele não quer jogar esse assunto na mesa por causa da memória da antiga CPMF. Mas a gente sabe que o nosso sistema tributária é um sistema complicado", disse ele em teleconferência feita por um banco, segundo reportagem do jornal O Globo.

"Parece ser o grande Satã da reforma tributária, ninguém que ouvir falar disso daí. Eu, na minha visão, inclusive tem várias deputados e senadores que defendem essa questão do imposto único, que também é defendido por uma série de empresas aqui no Brasil. Esse assunto tem que ser discutido sem preconceitos, e o local da discussão é o Congresso", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email