Zelotes: Marcopolo pode ter pago propina de R$ 1 mi

Em e-mail de Gerson Schaan, chefe da Coordenação de Pesquisa e Investigação da Receita Federal, Polícia Federal identificou suposto acerto feito pela Marcopolo de R$ 1 milhão para resolver processo por multa no valor de R$ 200 milhões; empresa é uma das maiores fabricantes de carroceria de ônibus do País

www.brasil247.com - Em e-mail de Gerson Schaan, chefe da Coordenação de Pesquisa e Investigação da Receita Federal, Polícia Federal identificou suposto acerto feito pela Marcopolo de R$ 1 milhão para resolver processo por multa no valor de R$ 200 milhões; empresa é uma das maiores fabricantes de carroceria de ônibus do País
Em e-mail de Gerson Schaan, chefe da Coordenação de Pesquisa e Investigação da Receita Federal, Polícia Federal identificou suposto acerto feito pela Marcopolo de R$ 1 milhão para resolver processo por multa no valor de R$ 200 milhões; empresa é uma das maiores fabricantes de carroceria de ônibus do País (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Polícia Federal, na operação Zelotes, identificou suposto acerto feito pela empresa Marcopolo de R$ 1 milhão para resolver processo no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) de multa no valor de R$ 200 milhões.

A negociação entre uma das maiores fabricantes de carroceria de ônibus do País com  Gerson Schaan, chefe da Coordenação de Pesquisa e Investigação da Receita Federal, aparece em e-mail.

A operação investiga um esquema montado por atuais e ex-conselheiros do Carf que movimentou R$ 55,5 milhões em 93 transações financeiras atípicas.

Leia aqui reportagem do ‘Estado de S. Paulo’ sobre o assunto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email