"Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade de charlatanismo ao prescrever cloroquina", diz médico Sérgio Zanetta

“A compra de um produto que não tem uso científico comprovado é charlatanismo, como adjetivo e como crime tipificado”, afirmou o médico sanitarista e professor Sérgio Zanetta sobre a promoção da cloroquina como tratamento à Covid-19, em entrevista à TV 247. Confira

Sérgio Zanetta
Sérgio Zanetta (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O médico sanitarista Sérgio Zanetta, em entrevista à TV 247, afirmou que Jair Bolsonaro e as autoridades públicas que defenderam a cloroquina para um suposto tratamento da Covid-19 “incorrem em crime de responsabilidade”.

“O poder público que compra cloroquina para uso off label incorre em crime de responsabilidade”, declarou o professor e médico do Hospital São Camilo, em São Paulo. “A compra de um produto que não tem uso científico comprovado é charlatanismo, como adjetivo e como crime tipificado”, continuou o infectologista.

Segundo Zanetta, “não há nenhum fundamento para haver sequer dúvidas para a utilização da cloroquina” e o medicamento nem seria testado não fosse a pandemia, que abriu brechas para estudos rápidos, pois já haviam estudos mostrando sua ineficácia contra outros tipos de coronavírus.

PUBLICIDADE

Cloroquina não tem nenhum efeito na prevenção da doença, no tratamento dos casos leves e dos casos graves. Só há risco”, destacou o médico.

“Utilizar cloroquina para tratamento de Covid-19 não é apenas um procedimento livre, é um erro médico tipificado”, disse, acrescentando que defender a cloroquina pode levar as pessoas a abandonar os tratamentos efetivos contra o novo coronavírus, como a vacina, atrasada no Brasil por causa de Jair Bolsonaro, e o isolamento social, também atacado pelo governo federal.

PUBLICIDADE

Ele ainda criticou o Conselho Federal de Medicina, que havia liberado o uso de cloroquina, mas voltou atrás diante de repercussão negativa.

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email