"Bolsonaro é o anticristo", diz Marcia Tiburi

"Bolsonaro sequestrou Jesus Cristo, como fazem vários pastores", disse a professora e filósofa

www.brasil247.com - Marcia Tiburi, Bolsonaro e Cristo
Marcia Tiburi, Bolsonaro e Cristo (Foto: Flickr/Marcia Tiburi | Alan Santos/PR | Reprodução)


247 – A professora e filósofa Marcia Tiburi afirmou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, que Jair Bolsonaro segue na tática do culto à morte e convoca seus seguidores para o gozo perverso e sádico. "Ele exerce o psicopoder, mas é manobrado pelos generais e oligarcas. Ele não precisa fazer muita coisa, só precisa fazer a cena perversa", diz ela, ao comentar as reações de indiferença de Bolsonaro aos brutais assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips. "A ideologia básica dos exploradores é que a culpa é dos explorados. O capitalismo é um sistema de eterna culpabilização das vítimas", afirma.

Marcia Tiburi afirmou ainda que o enunciado de Bolsonaro é sempre chocante. "O que ele diz sobre os mortos é: 'e daí?' O que Bolsonaro faz é instaurar a guerra de todos contra todos", afirmou. Na entrevista, ela também comentou a fala de Bolsonaro sobre um eventual Jesus Cristo pistoleiro. "Bolsonaro é o anticristo. O motivo: além de nunca demonstrar compaixão, ele se compraz com a morte e com a destruição. Bolsonaro sequestrou Jesus Cristo, como fazem vários pastores. Rebaixou Cristo a um objeto e faz desse objeto um manipulador de armas. O charlatanismo é um diabolismo", disse a professora.

Na sua análise, o fascismo é uma consequência inevitável do capitalismo e é muito importante aproximar o neoliberalismo do fascismo. "O perverso é aquela figura que rompeu com a lei e os oligarcas têm gozo de ver o povo morrendo", finalizou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email