"Campo democrático e o governo devem aprender lição com a vitória de Milei", diz Altamiro Borges

Jornalista adverte sobre os riscos da ascensão da extrema direita e a necessidade de estratégias para o campo progressista. Assista na TV 247

Altamiro Borges, Javier Milei e Jair Bolsonaro
Altamiro Borges, Javier Milei e Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação | Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Na sequência da recente eleição para presidente na Argentina, onde o ultradireitista Javier Milei saiu vitorioso, o jornalista Altamiro Borges lançou um alerta para o campo democrático brasileiro. Em uma entrevista ao programa Giro das 11 da TV 247, Miro enfatizou a importância de absorver as lições desse evento e agir estrategicamente diante da crescente força da extrema direita.

"É na onda da extrema direita que esses políticos que apelam para os exageros, para as fake news, se projetam. Eles são fruto dessa negação da política, desta fascistização da sociedade que a mídia hegemônica tem um papel importantíssimo” destacou Miro, ressaltando o papel da mídia na criação desse cenário.

continua após o anúncio

O jornalista também fez uma conexão direta entre o triunfo de Milei na Argentina e a possível influência nos ânimos bolsonaristas no Brasil. "O Bolsonaro vinha em baixa crescente, estava fragilizado, e a vitória do Milei lhe concedeu um respiro. Ele agora aposta na vitória, no ano que vem, do Donald Trump nos EUA. Por isso que os bolsonaristas estão excitados. O raciocínio que eles fazem é esse: 'ganha o Milei, que é a segunda economia do continente e ganha o Trump que é o império, eu [Bolsonaro] estou mais protegido. Pode-se, inclusive, reabrir a discussão sobre a inelegibilidade. Eu tô fortalecido com o movimento de extrema direita no mundo'", esclareceu o jornalista, evidenciando a estratégia de fortalecimento do movimento de extrema direita global.

Em meio a esses desdobramentos, Miro instou o campo progressista brasileiro a aprender com o caso argentino. Ele enfatizou a importância de enfrentar os graves problemas econômicos e de intensificar o debate de ideias na sociedade. "Ou intensifica o debate de ideias na sociedade para desmascarar a extrema direita, divulgando o que de positivo é feito, e intensificando o debate de ideias na sociedade com uma política de comunicação mais ousada, com visão mais estratégica ou pode dar zebra", alertou o jornalista.

continua após o anúncio

Diante da crescente força da extrema direita, ele conclamou a um reforço na narrativa e na estratégia de comunicação do campo progressista, apontando para a necessidade de uma postura mais proativa na divulgação das ações positivas e no enfrentamento direto às ideologias de extrema direita. 

Assista: 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247