Dilma: querem depenar a Petrobrás

“Adriano Pires é perigosíssimo. Não é consultor, é um representante de interesses empresariais”, diz a ex-presidente Dilma Rousseff, que também criticou o general Silva e Luna

www.brasil247.com - Dilma, Luna e Adriano Pires
Dilma, Luna e Adriano Pires (Foto: Divulgação)


247 - A ex-presidente Dilma Rousseff alertou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, sobre os riscos de assalto à Petrobrás depois da posse de Adriano Pires, um lobista indicado por Jair Bolsonaro para comandar a maior empresa brasileira. “Adriano Pires é perigosíssimo. Não é consultor, é um representante de interesses empresariais. Ele vai tentar privatizar o que puder”, afirma.

Dilma também protestou contra o atual presidente, Joaquim Silva e Luna, que será substituído por Pires. “Fiquei indignada com o general Silva e Luna. Quem é ele para chamar o ex-presidente Lula de aventureiro? Ele descobriu o pré-sal? O que ele fez a não ser se pagar remunerações abusivas?”, questiona Dilma, lembrando que o general concedeu bônus por performance à atual diretoria, enquanto os brasileiros mal conseguem abastecer ou comprar gás de cozinha.

Dilma também disse que Jair Bolsonaro mente quando diz que não pode controlar os preços. “Com Bolsonaro, todos os dias são Primeiro de Abril. Especialmente quando ele diz que não pode mexer nos preços da Petrobrás”, afirma. “O mercado de petróleo nunca foi livre e nunca será livre. Tem um cartel explícito, chamado de Opep. E justamente porque o preço pode ir a US$ 250 que a política de preços tem que ser revista”, aponta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email