Fernando Pimentel: precisamos garantir a eleição, a vitória e depois a posse de Lula

"Nunca houve um momento tão delicado e ameaçador na nossa história", diz o ex-governador de Minas Gerais

Fernando Pimentel e Lula
Fernando Pimentel e Lula (Foto: Manoel Marques/Imprensa MG | Ricardo Stuckert)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O ex-governador de Minas Gerais Fernando Pimentel, que é pré-candidato a deputado federal, afirmou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, que nunca houve um momento tão delicado e ameaçador na nossa história. "O impulso à violência política vem de dentro das instituições republicanas. Bolsonaro incentiva a violência política. Nem na Alemanha nazista acontecia um caso como o do Genivaldo, que foi asfixiado num carro policial. A polícia sempre foi violenta em relação às classes subalternas. A tese do 'bandido bom é bandido morto' ficou pior. Agora é 'se tá morto, então é bandido'", afirmou.

Pimentel também condenou o golpismo escancarado de Bolsonaro. "Que ideia é essa de chamar embaixadores para discutir eleição? Nenhum país desenvolvido ou subdesenvolvido jamais fez isso", afirma. Pimentel também diz que as eleições darão vitória ao ex-presidente Lula, mas afirma que "precisamos garantir a eleição, a vitória e depois a posse de Lula". Sobre Minas Gerais, ele pontua que "nossa chapa em Minas é claramente de centro e Kalil empata com Zema, quando o eleitor sabe que ele é o candidato de Lula". Pimentel também diz que o atual governador Romeu Zema teve R$ 100 bi a mais de arrecadação – e não fez nada. "Lula tem vinte pontos de vantagem em relação a Bolsonaro em Minas Gerais e isso vai ajudar o Kalil", diz ele. "Temos dois desafios imensos: na área econômica e na reconstrução institucional", finaliza.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247