"Lula será recebido como um grande líder do Sul Global de volta ao jogo", diz Pepe Escobar

"Haverá entusiasmo na Eurásia e honras na Europa. Mas o xis da questão serão os Estados Unidos", diz o analista geopolítico

www.brasil247.com - Pepe Escobar e Lula
Pepe Escobar e Lula (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Ricardo Stuckert)


247 – O correspondente internacional Pepe Escobar afirmou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, que uma vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições presidenciais deste domingo será recebida com grande entusiasmo no mundo. "Lula será recebido como um grande líder do Sul Global de volta. Haverá entusiasmo na Rússia, na China, no Irã, na Turquia, na Índia e no Paquistão. Ele também será recebido com honras na França, na Alemanha, na Espanha e na Itália. O xis da questão são os Estados Unidos. Eles não queriam Lula, mas tiveram que se resignar a ele", afirmou.

Na entrevista, Pepe também falou sobre o provável atentado terrorista ao gasoduto Nordstream, que leva energia russa para a Alemanha. "É importante questionar a quem interessa. Por que a Rússia atacaria seu próprio gasoduto? Os Estados Unidos vão tentar paralisar qualquer relação econômica entre a Rússia e a Alemanha e a indústria alemã pode ser devastada neste inverno", afirmou.

Ele também comentou a incorporação de vários territórios ucranianos à federação russa. "Isso significa que os objetivos da operação especial estão sendo alcançados. A operação militar especial está acabando e será transformada numa ação antiterrorismo", apontou.

Na sua visão, o país que mais sofre com as sanções é a Alemanha – e não a Rússia. "Olaf Scholz está perplexo e ainda não disse nada. A Alemanha está num buraco energético inominável. Os alemães estão cometendo harakiri e podem voltar à idade da pedra", afirmou. "Hoje é possível imaginar a desindustrialização da Alemanha. Isso seria uma vitória tática americana, obtida com grande facilidade."

Pepe também falou sobre o Congresso do Partido Comunista Chinês, que vai ocorrer em outubro. "Os rumores de golpe na China são extremamente infundados. Tudo na China gira em torno de partido, estado e exército. E Xi Jinping controla todas as instâncias de poder na China. Ele obterá um terceiro termo presidencial", afirmou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email