CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Entrevistas

“Não somos favoráveis a nenhum atropelo jurídico. E isso vale para o caso Robinho”, diz Rui Costa Pimenta

Presidente do PCO se pronuncia a respeito do caso Robinho

(Foto: ABR | Reprodução | Divulgação )
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente do Partido da Causa Operária (PCO), Rui Costa Pimenta, concedeu uma entrevista à TV 247, na qual abordou diversos temas, incluindo o caso do ex-jogador Robinho, recentemente preso em Santos, litoral paulista. Em relação ao caso, Pimenta afirmou que o partido não é favorável a nenhum tipo de atropelo jurídico.

A prisão de Robinho ocorreu após a Polícia Federal cumprir um mandado de prisão emitido pela 5ª Vara Federal de Santos, e o ex-atleta foi conduzido à sede da entidade em São Paulo. De acordo com a PF, Robinho passará por exame no Instituto Médico Legal (IML) e por audiência de custódia antes de ser encaminhado ao sistema prisional.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) aprovou o cumprimento da pena no Brasil, após o ex-jogador ter sido condenado a nove anos de prisão na Itália por estupro, crime ocorrido em Milão no ano de 2013. A defesa de Robinho está elaborando uma estratégia para recorrer da decisão, incluindo a possibilidade de apresentar recursos ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Robinho foi transferido para a Penitenciária 2 de Tremembé, no interior de São Paulo, após sua detenção em Santos. A decisão da Corte Especial do STJ determinou que ele cumpra a pena em regime fechado, a partir da condenação da justiça italiana por estupro coletivo contra uma mulher albanesa em 2013.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assista: 

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO