"Netanyahu está cometendo os maiores crimes contra a humanidade dos últimos 100 anos", diz Rui Costa Pimenta

Ele também cobra uma posição mais dura do governo do presidente Lula e vê a formação de uma consciência global contra o terror israelense

Rui Costa Pimenta e a destruição em Gaza
Rui Costa Pimenta e a destruição em Gaza (Foto: Leonardo Attuch)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O líder político Rui Costa Pimenta, presidente do PCO (Partido da Causa Operária), concedeu uma entrevista contundente à TV 247, onde não hesitou em afirmar que o governo de Benjamin Netanyahu, em Israel, está cometendo os maiores crimes contra a humanidade dos últimos 100 anos. Além disso, Pimenta destacou a necessidade de uma postura mais firme por parte do governo do presidente Lula diante da atual crise na Faixa de Gaza, vislumbrando a formação de uma consciência global contra o que ele chama de "terror israelense".

Segundo Rui Costa Pimenta, Israel está perpetrando todos os crimes possíveis e imagináveis durante a atual operação na Faixa de Gaza. Ele destaca que o objetivo do governo de Benjamin Netanyahu é expulsar 2 milhões de pessoas para um campo de refugiados no Egito, comparando esse ato a um dos maiores crimes cometidos nos últimos 100 anos, incluindo o nazismo. Em suas palavras, "estamos vendo Hitler, ao vivo e em cores".

continua após o anúncio

Rui Costa Pimenta não poupou críticas à postura do governo brasileiro, mesmo destacando que o presidente Lula é a favor dos palestinos. Ele argumenta que a política do "uma no cravo e outra na ferradura" não é suficiente e cobra que o governo rompa relações com Israel, afirmando que o Brasil não pode ficar em cima do muro diante dos acontecimentos na região.

Crise Interna em Israel e Reação Internacional Inesperada – Pimenta também apontou uma crise interna na opinião pública israelense, destacando que o governo de Israel não esperava a reação internacional que considera um "duro golpe para sua própria existência". Ele afirma que o governo israelense está inadvertidamente criando uma consciência internacional contra o estado de Israel.

continua após o anúncio

Rui Costa Pimenta não deixa de mencionar a omissão do Partido dos Trabalhadores (PT) na crise, alertando que essa omissão não passará em branco. Ele vai além, sugerindo que esta pode ser a "crise terminal do estado de Israel" e destaca a revolta contra o presidente norte-americano Joe Biden como catastrófica nos Estados Unidos. A entrevista de Rui Costa Pimenta à TV 247 revela uma perspectiva contundente sobre os eventos recentes na Faixa de Gaza, destacando a gravidade da situação e clamando por ações mais enérgicas por parte do governo brasileiro. Assista: 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247