"Nota dos militares foi um ato fora da lei e criminoso", diz Mário Vitor Santos

Jornalista da TV 247 lembrou que os militares não podem ameaçar as instituições democráticas. “Eles são, pela Constituição, subordinados aos poderes democráticos, legais, constitucionais e institucionais”, lembrou. Assista

www.brasil247.com -
(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reuters)


247 - O jornalista Mário Vitor Santos afirmou na TV 247 que a nota dos militares contra o presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz, emitida na quarta-feira, 7, “foi um ato fora da lei e criminoso”. O ministro da Defesa e os chefes das três Forças Armadas intimidaram o senador após ele reforçar a participação dos militares em esquemas de corrupção em compras de vacinas no Ministério da Saúde.

Senadores se manifestaram contra a intimidação, afirmando que foi uma ameaça ressaltando que o ataque foi contra todo o Congresso. Os militares negaram corrupção e disseram que Omar Aziz foi "leviano e irresponsável". Os generais disseram ainda que “não aceitarão qualquer ataque leviano às instituições que defendem a democracia e a liberdade do povo brasileiro”.

“A nota das Forças Armadas merece o mais profundo repúdio”, destacou Mário Vitor Santos. “Nunca é suficiente dizer que ela é uma afronta à legalidade. É uma nota ilegal, fora da lei”, continuou, destacando que os generais estão agindo num “vale-tudo, de falta de disciplina e de respeito à hierarquia”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Os militares não estão autorizados, quando estão na ativa, a se manifestar de forma a desafiar os Poderes da República. Eles são, pela Constituição, subordinados aos Poderes democráticos, legais, constitucionais e institucionais”, lembrou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email