"O neofascismo disputa sozinho a faixa do eleitorado antissistema”, diz Breno Altman

Jornalista ressaltou a situação de crise global e a possibilidade de mais países aderirem ao neofascismo. 'É muito poderoso, mesmo quando a economia vai bem'. Assista na TV 247

Breno Altman
Breno Altman (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O jornalista e analista político Breno Altman criticou em entrevista à TV 247 a inação das forças de esquerda brasileiras, que permitem ao neofascismo aglutinar a expressiva camada na população que é antissistema.

Ressaltando a necessidade de a esquerda se posicionar como "antissistema", ele argumentou que, se não for capaz de abraçar essa posição, o neofascismo somente crescerá. 

continua após o anúncio

"Em uma situação de crise grave como nós enfrentamos a nível mundial do capitalismo e da democracia liberal, isso faz com que o neo-fascismo seja um cavalo muito poderoso, mesmo quando a economia vai bem", alertou Altman. 

Ele citou exemplos recentes, incluindo a situação nos Estados Unidos, onde a economia não enfrenta grandes problemas, mas movimentos políticos de extrema direita ganham força, como evidenciado pelo favoritismo de Trump para as eleições do próximo ano.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247