Barrar o racismo exige a participação ativa de pessoas brancas, diz psicólogo esportivo sobre o caso Vini Jr.

"O posicionamento dos jogadores negros é importantíssimo, porém, não deve parar somente neles", afirmou o analista José Vitor Capello Rezende

Psicólogo José Rezende e o jogador Vini Jr.
Psicólogo José Rezende e o jogador Vini Jr. (Foto: Reprodução / Juan Medina - Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Psicólogo esportivo e especialista em DE&I da Condurú Consultoria, José Vitor Capello Rezende lamentou a falta de efetivas de combate ao racismo no futebol. O analista comentou os ataques racistas contra o jogador do Real Madrid Vini Jr nesse domingo (21) na partida contra o Valencia pelo Campeonato Espanhol. 

"Barrar o racismo exige coragem, intenção e a participação ativa de pessoas brancas se colocando como aliadas e não como protagonistas da luta", disse. "O posicionamento dos jogadores negros é importantíssimo, porém, não deve parar somente neles. Precisamos chegar em outros companheiros de equipe, nas instituições e nos patrocinadores. Não basta apenas sustentar um discurso pontual ou condenar os racistas nas redes sociais", acrescentou. 

continua após o anúncio

De acordo com o psicólogo, "o esporte, e o futebol de maneira especial, tem um enorme potencial transformador na sociedade". "Isso fica claro quando vemos tantas e tantas crianças, em todas as partes do mundo, com uma bola no pé sonhando em se tornar um jogador como Neymar, Ronaldinho e Vinícius Júnior, que, aliás, é um exemplo de craque dentro do campo e fora dele, uma verdadeira referência na luta pelos direito dos negros", disse.

Dirigentes do Valencia, que venceu o jogo por 1 a 0, prometeram banir os torcedores responsáveis pelas ofensas racistas, que também foram criticadas pelo técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, pelo primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, e pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247