Boca e River se unem para relembrar ditadura argentina: “Nunca mais”

Clubes argentinos utilizaram redes sociais para falar sobre os desaparecidos do regime e promoveram ações em homenagem às vítimas

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Mtrópoles - Nesta quarta-feira (24/3), a Argentina relembra um dos episódios mais tristes e sanguinários de sua história, com os 45 anos do golpe civil-militar que deixou cerca de 30 mil mortos oficialmente e durou até 1983. Vários clubes do país se manifestaram nas redes sociais sobre o assunto.

“Reafirmamos nosso compromisso com uma Pátria com Memória, Verdade e Justiça”, escreveu o Estudiantes de La Plata, cujo presidente é o ex-jogador Verón. O dirigente anunciou que o time vai plantar 30 mil árvores em homenagem às vítimas da ditadura.BLOCK_IFRAME_0
Boca e River Plate também utilizaram as redes sociais para expressar seus sentimentos em relação ao triste episódio no país. 

Boca e River Plate também utilizaram as redes sociais para expressar seus sentimentos em relação ao triste episódio no país. Confira:

 


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email