Mayra Aguiar conquista o bronze no judô e é a primeira a ter 3 medalhas em Olimpíadas

A judoca gaúcha Mayra Aguiar conquista o bronze para o Brasil no nas Olimpíadas de Tóquio e é a primeira brasileira a ter três medalhas em Olimpíadas em esporte individual

www.brasil247.com -
(Foto: ag Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Mayra Aguiar conquistou mais uma medalha para sua carreira. Nesta quinta-feira (29), na  arena Nippon Budokan, ela derrotou a sul-coreana Hyunji Yoon, na categoria até 78kg, e subiu ao pódio das Olimpíadas de Tóquio para receber o bronze. O feito de Mayra é histórico em diversos sentidos. A judoca se torna a primeira brasileira a conquistar três medalhas olímpicas em um esporte individual: antes de Tóquio, já havia subido ao pódio em Londres 2012 e Rio 2016. É, também, a primeira a fazer isso em três Olimpíadas em sequência, informa o G1. Hélia Rogério de Souza Pinto, mais conhecida como Fofão, conquistou três medalhas olímpicas, mas em esporte coletivo, o vôlei.

Mayra também chega ao topo do esporte que mais deu medalhas ao Brasil em Olimpíadas. O judô soma 24 pódios em Olimpíadas. Mayra tem três, mais do que qualquer outro no país.

A judoca se classificou para a repescagem do judô até 78 kg nas Olimpíadas de Tóquio-2020 após ser derrotada pela alemã Anna-Maria Wagner, atual campeã do mundo, nas quartas de final. Assim, ela deu adeus ao sonho de conquistar seu primeiro ouro. Anteriormente, nas oitavas, a brasileira havia vencido por ippon a israelense Inbar Lanir.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista:


PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email